Jornal Sudoeste Paulista

Edson Giriboni perde vaga de deputado estadual após retotalização de votos

A retotalização foi realizada após a Justiça Eleitoral deferir a candidatura de Dirceu Dalben (Cidadania), que disputou a eleição sub judice; com isso, Edson Giriboni (União) passa a 1º suplente

Por g1 Itapetininga e Região – 

Edson Giriboni iria para seu quinto mandato como deputado estadual — Foto Redes sociais – Divulgação

O candidato Edson Giriboni (União) perdeu a vaga de deputado estadual e passou a 1º suplente após o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) retotalizar o resultado das eleições para o respectivo cargo, depois que a Justiça aprovou a candidatura de Dirceu Dalben (Cidadania).
Giriboni foi o segundo candidato mais votado em Itapetininga (SP), com 16 mil votos válidos. Em todo o estado, obteve 59.087 votos. Este seria seu quinto mandato na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).
Já Dirceu Dalben recebeu 93.397 votos, sendo o 49º candidato mais votado em todo o estado.
Com a recontagem, Giriboni assume a 1ª vaga de suplente da Alesp, podendo substituir, temporariamente ou definitivamente, a cadeira de deputado estadual.
Em nota, a assessoria do candidato Giriboni disse que o departamento jurídico do Partido União deve analisar o caso.
ENTENDA
O candidato Dalben foi considerado inelegível devido a condenações por improbidade administrativa, além de deixar de apresentar certidões criminais durante o pleito. Contudo, em 6 de dezembro, a Corte Superior aprovou sua candidatura após considerar que a condenação cabe à Justiça comum, e não à Eleitoral.
O relator verificou também que os processos que Dalben responde ainda não foram julgados, portanto, a Justiça não pode suspender os direitos políticos dele.
RETOTALIZAÇÃO
Segundo o TRE-SP, o processo de retotalização é realizado quando julgamento de recursos em candidaturas que tenham o registro deferido, os votos voltam a ser considerados válidos.
O Tribunal reforça que a retotalização não é uma recontagem dos votos, mas sim, uma reavaliação dos votos válidos. (Com informações do G1)