Saúde promove mutirão de cadastros para o programa “Previne Brasil”

0
73

Moradores da Vila Romano devem estar atentos para receberem os agentes de Saúde a partir de segunda-feira, 29 de novembro; é necessário apresentar cópias do RG e CPF de todos os residentes para o cadastro

A Coordenadoria Municipal de Saúde de Fartura informa aos usuários que residem nas áreas pertencentes ao Centro de Saúde “Dr. Alécio Ravanelli”, que iniciará a atualização dos cadastros de todos os cidadãos para o programa “Previne Brasil”.

A Pasta divulgou que a partir do dia 29 de novembro, o trabalho terá início pelo bairro Vila Romano e que serão efetuados os cadastros domiciliares e individuais. A Coordenadoria solicita que os moradores tenham em mãos os originais e cópias do documento RG e CPF, de todos os membros da família, para agilizar o trabalho da equipe.

Os agentes de Saúde que passarão pelas residências, portando os crachás são: Adriana de Sá Santos, Heloisa Helena Geremias, Leila Geralda Barbosa, Lisandra de Oliveira Mariano, Marcia Cristina Januário, Silvana Maria Souto Benatto, Jéssica Adriane Etore Fogaça, Joseandra Karka Dognani, Mariana Ramos Passos, Patrick Hanses Mendes Schemer, Renato César Codognhoto, Welder Luciano Correa, Amanda Neves de Oliveira, Andrea Cristina Xavier Fonseca, Domingos Ferreira da Costa, Isabel Cristina do Prado, Lucia Helena Gabriel Fabro e Luiz Fernando Gomes da Silva.

IMPORTANTE

Os cidadãos atendidos pelo Programa Estratégia Saúde da Família (ESF), postos do São Caetano, Bela Vista e Vila de Fátima já estão devidamente cadastrados. Já os moradores dos bairros da zona rural deverão aguardar convocação para realização do cadastro.

SOBRE O PROGRAMA

O programa “Previne Brasil” é o atual modelo de financiamento da Atenção Primária à Saúde (APS), e é baseado em três componentes: capitação ponderada (cadastro de pessoas), pagamento por desempenho (indicadores de saúde) e incentivo para ações estratégicas (credenciamento/adesão a programas e ações do Ministério da Saúde), que permitem que os municípios e o Distrito Federal possam receber repasses maiores do Ministério da Saúde. Segundo Renan de Oliveira, Coordenador de Saúde, faz-se necessário que todos os cidadãos farturenses estejam devidamente cadastrados e com informações atualizadas como endereço e composição familiar no SUS (Sistema Único de Saúde), para que não haja a redução no repasse de recursos financeiros para a Saúde do município.

Mais informações podem se obtidas pelo telefone (14) 3308-9400.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade