Coreto de Fartura está sendo demolido e praça será remodelada

0
328

Localizado no centro de Fartura, na Praça 9 de Julho, o coreto, que já se encontrava interditado desde 2016, foi demolido na quinta-feira, 21, e, segundo o coordenador de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Juliano Fabro, as obras estão previstas para terminar até o dia 31 de março de 2022, devendo ser entregue como um presente para a cidade, que faz aniversário naquela data.

Desde o início da semana, a praça estava sendo cercada com tapumes, após o prefeito Luciano Filé autorizar a ordem de serviço para o começo da revitalização e, a administração municipal, durante os trabalhos no local, o estacionamento no entorno da praça, que antes funcionava no esquema de 45 graus, será igual ao da Rua Barão do Rio Branco, com os carros posicionados de forma paralela em relação à guia.

A população ainda recorda com saudade do antigo coreto

Para a execução da obra, em maio foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo a celebração de um convênio no valor de R$ 400 mil, recurso disponibilizado por meio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional e, de acordo com o coordenador Juliano Fabro, a Prefeitura ofereceu contrapartida no valor de R$ 246 mil, para complementar o montante necessário para o andamento do projeto.

RELEMBRANDO

Antes dessa Antes dessa obra que está sendo demolida, a população lembra ainda com muita saudade do antigo coreto, que segundo o farturense Antônio Mendes, havia sido construído na gestão do ex-prefeito Samuel Cipriano de Oliveira (Zizi), durante sua gestão entre 1960 a 1963, o qual foi substituído na gestão do ex-prefeito Tinho Bortotti em meados de 2014.

O coreto teve afundamento dos pilares e rachaduras na época

Já o atual coreto da Praça 9 de Julho foi interditado em agosto de 2016, um ano e oito meses depois de ser reinaugurado, após um de seus pilares ceder, deixando-o torto e com diversas rachaduras, sendo a empresa Blanco & Varotto, de São Manuel, a responsável pela execução da obra.

Na época, o projeto de reforma, da empresa local Construfort Construções e Engenharia, foi selecionado por votação popular, em março de 2013, e depois de concluída, a revitalização foi entregue à população em dezembro de 2014, com o novo coreto, ponto de táxi com área coberta, duas estruturas para bancas de jornal em alvenaria e nova iluminação, além de os bancos darem lugar á muretas ao redor dos canteiros para as pessoas se sentarem.

NOVA REFORMA

Já de acordo com a Coordenadoria de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, responsável pelo desenvolvimento do novo projeto para a Praça, as novas muretas serão retiradas, os canteiros voltarão à altura original, os tradicionais bancos antigos retornarão e o coreto será substituído por um deck de madeira. O novo processo licitatório ocorreu no último mês de agosto.

Projeto de como ficará a nova Praça – Foto-renderizada por Isabeli Rocha
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade