Vereadores de Taguaí aprovam regulamentação do vale alimentação

0
250

Os vereadores de Taguaí aprovaram em sessão camarária realizada na noite de terça-feira, 14, sob a presidência do edil Tatu Bença, projeto de lei regulamentando a concessão de vale alimentação, além de outras proposituras importantes.

APROVADO

De autoria do Executivo, foi aprovado por unanimidade o projeto de lei que regulamenta a concessão de vale alimentação aos servidores ativos do município, excluídos os inativos e pensionistas, de acordo com recente decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

EM DELIBERAÇÃO

Alguns projetos foram lidos e deixados em deliberação, sendo do Executivo, um que estima a receita e fixa a despesa para o exercício financeiro de 2022 em R$ 53.500.000,00, também o projeto que dispõe sobre o Plano Plurianual (PPA) de 2022 a 2025, outro referente à concessão de auxílios para entidades do terceiro setor de até R$ 3.756.000,00 para 2022.

Também será deliberado um projeto de lei do Legislativo e outro de resolução, ambos assinados por Elza Dalcin, Henriko, Rodolfo e Juliano, que trata da transmissão online das licitações realizadas pelo Executivo e pelo Legislativo, e ainda, será mais bem analisado projeto de resolução do vereador Rodolfo que regulamenta o uso do veículo oficial da Câmara Municipal.

REQUERIMENTOS

Dois requerimentos foram aprovados na sessão, sendo um assinado por Juliano e Rodolfo, solicitando os nomes dos servidores municipais que foram admitidos ou contratados de março de 2020 até então. O outro, assinado por Elza Dalcin, Henriko e Rodolfo questiona se a Prefeitura possui disponibilidade para doar um terreno para o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Confecção de Roupas em Geral de Fartura e Taguaí para a construção de um centro poliesportivo.

MOÇÃO

O vereador Tatu apresentou uma moção de pesar à família de Vicente Moacir da Silva, falecido nos últimos dias.

INDICAÇÕES

O vereador Tatu Bença apresentou algumas indicações, sendo uma solicitando que a Prefeitura disponibilize pelo menos um servidor para cada bairro para realizar a limpeza. Também indicou a necessidade de um veículo para conduzir os alunos que estudam nas escolas do centro e residem nos bairros mais afastados, como Jardim Primavera, CDHU e Jardim dos Ipês, principalmente os que estudam no período da tarde e da noite. Tatu indicou ainda a instalação de placas de trânsito e de nome das ruas do Jardim dos Ipês, bem como pediu que seja realizada pintura das lombadas do município, além de limpeza das áreas verdes.

Elza Dalcin indicou estudo para que um dos lados da Rua José Inácio Ribeiro, no trecho entre a Rua Antônio Carniato até a Rua das Azaleias, seja proibido estacionar. Depois Elza e Rodolfo, juntos, indicaram a possibilidade de se criar um Almoxarifado Central, facilitando a recebimento, armazenagem, expedição e distribuição dos materiais.

Rodolfo indicou a reforma e manutenção da Pista de Skate, e ainda, solicitou que seja firmada parceria como Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), com o objetivo de oferecer oportunidade de estágio a estudantes de município. Por fim, Borracha indicou que a Prefeitura realize o recapeamento asfáltico no final da Rua João Floriano Martins e trecho da Rua Maria Bernadete Macedo Carbonera.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade