Fartura faz balanço de “Quarentena Racional Emergencial”

0
536

Decreto teve início no dia 12 de abril e previa comércio funcionando apenas em sistema delivery; números atuais mostram redução dos casos de Covid-19

Faz três semanas que a Prefeitura de Fartura restringiu a abertura do comércio e permitiu apenas entregas “delivery” nos estabelecimentos do município. A medida durou pouco mais de quatro dias, devido às decisões em ações judiciais de mandado de segurança, que permitiram a abertura de alguns supermercados e varejistas, tanto os considerados essenciais, quanto os não essenciais. Atualmente, os resultados começam a aparecer na quantidade de atendimentos do “Polo Covid”.

Atendimentos no Polo

Segundo os números da Coordenadoria de Saúde, os atendimentos no Polo, que chegaram a 106 – em meados de abril, foram reduzidos para 24 pacientes, no dia 5 de maio, redução de 77,36%. De acordo com o Coordenador de Saúde, Luis Renan de Oliveira, isso se deve às medidas sanitárias adotadas pela Prefeitura, há três semanas.

Casos confirmados

Os casos confirmados de Covid-19, apenas em abril, chegaram a 446, média de 14,8 por dia. A maioria deles entre os dias 5 e 19, com 308 positivos. Em maio, são 57 pacientes positivados, média, até o momento, de 8,14 por dia.

Monitorados

Os monitorados pela equipe de Saúde, em 22 de abril, eram 155 farturenses – com a doença em sua fase ativa – já na quinta-feira, 6 de maio, de acordo com o último Boletim Epidemiológico, este número caiu para 100.

Suspeitos

Os pacientes que suspeitavam da doença e fizeram testes laboratoriais em meados de abril, chegaram a 197, no dia 20. Este número caiu para 60, no dia 4, e ontem, 06/05, foram contabilizados 63 moradores.

Internações

No dia 16 de abril, 11 farturenses estavam hospitalizados com a doença. Atualmente, são 4 pacientes internados. A redução chega a 63,63%. Para o Coordenador Renan: “nesse momento está afastado o risco de colapso no sistema de saúde”. Segundo ele, se voltarmos a correr esse risco, a Prefeitura adotará novas medidas de isolamento social.

Óbitos

O último Boletim divulgado em março, informava 16 óbitos por Covid-19, desde o início da pandemia. Somente em abril, foram registradas 12 mortes pela doença. Até a sexta-feira, 07, não havia nenhum novo óbito registrado pela Coordenadoria de Saúde, em maio.

Resultado

Para Renan, os números refletem a diminuição na transmissão da doença. Ele explica que as pessoas costumam se internar depois da segunda semana com sintomas. Por isso, os reflexos do Decreto emitido pela Prefeitura, nas internações, demoram algumas semanas para aparecer. “A tendência agora é estabilizar por algumas semanas e depois, felizmente, se as medidas de isolamento e distanciamento físico forem mantidas, teremos uma diminuição ainda mais expressiva destes números”, conclui Renan.

A prevenção deve ser mantida

De acordo com análises feitas pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Fartura, o município não está livre do aumento de casos. Segundo o Coordenador da Saúde, na reunião da última terça (04), foi citada a possibilidade de aumento de ocorrências para o próximo semestre, já a partir de junho. Renan informa que as considerações foram repassadas pela Diretora da DRS VI de Bauru e reforça a importância do cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento da pandemia, com o uso correto de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade