Comunicado Oficial: Prefeitura emite nota de esclarecimento sobre declarações infundadas de vereador Bruno Guazzelli

0
483
O prefeito Luciano Filé desmentiu os comentários de Bruno Guazzelli - Foto Internet

Neste dia 27 de Abril, o vereador Bruno Guazzelli concedeu entrevista ao Jornal Nova Voz, de Fartura e região. Durante o programa, afirmou que existem sobras da vacina contra Covid-19 disponíveis no município e afirmou que os imunizantes são desperdiçados.

O legislador, durante questionamentos do jornalista Henrique Outeiro, por inúmeras vezes sustentou a versão de que doses do imunizante estão sobrando e sendo desperdiçadas em Fartura e, que poderiam atender a um público alvo definido pelo Poder Público Municipal, como os coletores, reafirmando a notícia enganosa sobre as sobras da vacina.

Além disso, Bruno chegou a falar que existem cidades que já teriam vacinado 11% a mais dos moradores com essas sobras, sob a premissa de encaminhar dados que “comprovavam a alegação” ao âncora do jornal.

A Coordenadoria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica de Fartura afirmou que as sobras das vacinas são aplicadas na população, aos que deixam o nome em uma lista de espera e que fazem parte do grupo prioritário, conforme orientações do Grupo de Vigilância Epidemiológica de Botucatu.

A Coordenadoria divulgou que não há desperdício do imunizante e que as doses que sobram, no fim do dia, são aplicadas, ainda, em munícipes acamados, também dentro do grupo prioritário. Os servidores afirmam que sempre trabalham além do horário do expediente para não perderem nenhuma aplicação.

“Ao final do período de imunização, após às 16h, ligamos para os moradores quando há, diretamente para pessoas que estão na lista, com o nome na Sala de Vacina”, divulga a Coordenadoria de Saúde. O Setor informa que não tem conhecimento sobre as aplicações que sobram em outros municípios e são direcionadas a públicos-alvo definido pelo próprio Poder Público.

Assessoria de ImprensaComunicação Oficial

Bruno teria comentado sobre a vacinas na rádio em Fartura – Foto Internet

PREFEITO DESABAFA

Em sua rede social, o próprio prefeito Luciano Filé fez um desabafo a respeito e se disse completamente perplexo e indignado. “Venho a público desmentir os relatos enganosos feitos pelo vereador Bruno Guazzelli, e esclarecer que o legislador, fazendo uso inadequado de sua influência pública, está levando desinformação e mentiras à população do nosso município”, disse.

“Deixo claro que, em contato com a Vigilância Epidemiológica, o setor afirmou que as sobras das vacinas são aplicadas na população que deixa o nome em uma lista de espera, fazendo parte do grupo prioritário, conforme orientações do Grupo de Vigilância Epidemiológica de Botucatu. A Vigilância afirma que não há desperdício e que as doses que sobram, ao final do dia, também são aplicadas em moradores acamados – todos dentro das regras estabelecidas pelos órgãos responsáveis”, concluiu.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade