Escola Estadual “Monsenhor José Trombi” completou 64 anos de história

0
741

A maior escola de Fartura, hoje com 780 alunos matriculados, do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, através de seu Corpo Docente formam profissionais e pessoas de bem, há 64 anos

A Escola Estadual “Monsenhor José Trombi” completou no último dia 11 de março, quinta-feira, os seus 64 anos de história. Devido à pandemia, este ano não houve comemoração, somente um vídeo contendo o histórico resumido da escola foi postado nas redes sociais. Por conta do decreto municipal, as aulas presenciais continuam suspensas, embora todos os professores até essa semana trabalharam com transmissões de aulas ao vivo pelo aplicativo “Centro de Mídias” do Estado de São Paulo (CMSP) nos horários regulares, quando os estudantes esclarecem dúvidas e interagem com seus educadores.

Hoje o “Trombi”, como é carinhosamente conhecido em Fartura, conta com a equipe gestora formada pelo diretor, Darley Garcia Ribeiro, pelo vice, Luis Gustavo Lopes Villas Boas e pelas coordenadoras, Tais Odete Carriel Garbeloti e Maria Cecília Soldera Petersen. A equipe também conta com 41 professores e professoras, quatro agentes de apoio, duas servidoras na cozinha e duas funcionárias na limpeza. No vídeo publicado nas redes sociais, a escola informou que foi primeiramente denominada como “Ginásio Estadual Monsenhor José Trombi”, em 1957, e que o prédio foi concluído em 1958. No ano de 1976, o nome foi mudado para Escola de 1º e 2º Graus Monsenhor José Trombi e no anos de 1999, passou a se chamar em definitivo de Escola Estadual “Monsenhor José Trombi”.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade