Polícia identifica dois suspeitos de matar agente penitenciário de Avaré

0
3

A Polícia Civil identificou dois suspeitos de matar o agente penitenciário de Avaré, Adriano Alves Koch, durante um assalto na zona sul da capital. Adriano foi morto em um confronto após criminosos abordarem um motorista de aplicativo que fazia uma corrida para ele, no dia 10 de janeiro.

Segundo o delegado responsável pelo inquérito, Fábio Baena Martin, um dos suspeitos foi identificado por conta de um áudio dele enviado à mãe.

“Acabamos identificando ele por meio da sua mãe, que foi ouvida. Captamos um áudio com autorização dela, no telefone dela, em que ele falava que estava fugindo porque a polícia estava atrás dele”, disse o delegado.

De acordo com a polícia, com a identificação do suspeito, as equipes também conseguiram descobrir a identidade do outro suspeito.

“Daqui para frente o 47º Distrito Policial vai prosseguir com as investigações para formar provas e conseguir a prisão preventiva desses dois”, finalizou.

O caso foi registrado como latrocínio, que é responsável pelas investigações. A investigação foi feita por policiais da Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas (Cerco).

Continua depois da Publicidade