Vereador candidato a reeleição em Carlópolis é alvo da segunda fase da operação contra venda de cirurgias bariátricas do SUS

0
313
Foto: PCPR

Por Gabriela Mayara

Na 2ª fase de operação contra venda de cirurgias bariátricas do SUS, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) investiga uma organização criminosa que teria lucrado com a venda de cirurgias bariátricas realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em hospital da Região Metropolitana de Curitiba.

Os policiais civis têm a missão de cumprir dois mandados de prisão temporária, sendo um dos alvos um vereador e candidato à reeleição da cidade de Carlópolis, e cinco mandados de busca e apreensão.

Segundo as investigações, o vereador teria falsificado guias do SUS. Isso

possibilitava encaminhamento de pacientes, principalmente do Estado de São Paulo, para fazerem cirurgias bariátricas no hospital do Paraná. Ele atuaria juntamente com médicos que assinavam essas guias.

A quadrilha levava os pacientes até o Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul. De acordo com as investigações, os suspeitos furavam a fila de espera pela cirurgia, com a ajuda de várias pessoas envolvidas, e lucraram mais de R$ 10 milhões com a venda dos procedimentos.

Também, recentemente, foi preso em Taquarituba um ex-vereador envolvido nesse esquema. Ele e mais 13 pessoas foram detidas na primeira fase da operação, sendo que as investigações ainda apontam que o grupo criminoso conseguiria receber em duplicidade os valores pagos pelo SUS ao hospital pelas cirurgias bariátricas.

Assim, dando continuidade na operação contra a quadrilha, os municípios que estão sendo cumpridas as ordens judiciais nessa segunda fase são: Carlópolis, Santo Antônio da Platina, Jacarezinho, todos municípios do Norte Pioneiro do Estado, e em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.

A organização criminosa é investigada pelos crimes de extorsão, falsidade ideológica, uso de documento falso, concussão e organização criminosa.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade