Vacinação contra o sarampo é prorrogada até 31 de outubro

0
162

Por Ademilson Rodrigues

Visando abranger um maior número de imunizações, a Secretaria de Estado da Saúde prorrogou até dia 31 de outubro, a intensificação de vacinação contra o sarampo em adultos na faixa de 30 a 49 anos, e as doses da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, continuarão sendo aplicadas neste grupo de forma indiscriminada, ou seja, estas pessoas deverão receber um reforço mesmo que já tenham as duas doses completas na carteirinha.

Já para a faixa de crianças de 6 meses a adultos de 29 anos, um profissional de saúde avalia a situação vacinal e, se preciso, aplica a dose para os casos que ainda não tiverem o esquema de imunização completo.

Protocolos

Desde 15 de julho, quando a iniciativa começou, 940,7 mil pessoas desse grupo procuraram um serviço de saúde, e 472,7 mil receberam nova dose para atualizar a carteira, pois a circulação do vírus do sarampo se mantém ativa no estado e por isso, a Secretaria de Estado da Saúde convoca todos os cidadãos que ainda não receberam as doses da vacina.

Para evitar o problema com a Covid-19, todas as unidades mantêm protocolos de segurança para profissionais de saúde e pacientes como o uso de máscara, que é obrigatório, é mantida a organização da fila e do ambiente, sendo também é feita triagem para eventual identificação de sintomático respiratório.

Crianças e adultos com idade entre um ano a 29 anos devem ter duas doses da vacina contra o sarampo. Acima desta faixa, até 60 anos, é preciso ter uma dose e pessoas com idade superior não têm recomendação para imunização, porém, a vacina é contraindicada para bebês com menos de 6 meses, bem como para pessoas imunodeprimidas e gestantes.

Com informações do Portal do Governo 

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade