Atuação do MPSP faz Bauru adotar testes de covid-19 em casas de repouso para idosos

Exames serão feitos em entidades com casos confirmados

Após atuação da Promotoria de Justiça local, o município de Bauru anunciou a adoção de um novo protocolo para realizar testes em massa voltados à detecção do novo coronavírus entre idosos moradores de casas de repouso, tanto públicas quanto privadas. Os exames serão realizados em todas as instituições que tenham apresentado ao menos um caso da doença. A decisão atende a uma recomendação da Promotoria.

No fim de junho, o promotor de Justiça Gustavo Zorzella orientou o município no sentido de criar normas que padronizassem todos os procedimentos que devem ser implementados pelas instituição de longa permanência de idosos visando à prevenção contra a doença. O membro do MPSP já havia recomendado anteriormente a realização de testes em massa, mas diante da limitação dos testes rápidos, ele expediu novo documento alertando para a necessidade de se adotar medidas específicas para as casas de repouso.

Continua depois da Publicidade

Na recomendação, Zorzella levou em consideração, entre outros pontos, a chegada do inverno que traz aumento de doenças respiratórias em idosos e impossibilidade de circulação de ar nos ambientes por janelas abertas.

Núcleo de Comunicação Social – comunicacao@mpsp.mp.br

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade