Festa Clandestina quase acaba em tragédia em Riversul

0
251

O Departamento de Saúde de Riversul irá representar contra todos que estavam na festa por desobediência ao decreto do Governo do Estado que trata também do isolamento social

Contrariando totalmente o decreto do Governo do Estado sobre o isolamento social, um grupo de amigos se reuniram em uma festa no último final semana na cidade de Riversul.

[slide-anything id=’14164′]

O ocorrido causou indignação nos moradores. O Diretor do Departamento Municipal de Saúde, João Augusto de Oliveira, está indignado com o ocorrido, “à irresponsabilidade de alguns moradores da cidade pode colocar em risco a vida de centenas de pessoas, pois não adianta tanto trabalho incansável, para evitar que o vírus se espalhe no município”, comenta.

Segundo ele, alguns moradores vêm realizando essas festas clandestinas, contrariando totalmente o decreto do Governador João Dória, que proíbe aglomerações e eventos.

Este lamentável fato ocorreu em uma residência no Bairro Princesa Isabel, o que os convidados para evento não esperavam, é que, o que era para ser apenas “uma festinha” particular, clandestina, proibida, acabaria com tamanha repercussão, não apenas por ser uma festa proibida, mas também por quase acabar em tragédia.

[slide-anything id=’18741′]

Segundo a Polícia Militar, na madrugada de sábado para domingo (7) a equipe de plantão foi acionada pelo hospital, pois dois jovens haviam dado entrada no Pronto Socorro com ferimentos de arma branca (faca).

Ainda segundo informações da PM, testemunhas contaram que os rapazes de 24 e 26 anos são de Itaporanga, todos que estavam na festa estavam bebendo se divertindo e interagindo normalmente, inclusive autor e vítimas.

[slide-anything id=’18746′]

De repente houve uma discussão, um dos rapazes teria agredido e esfaqueado as vítimas, tudo muito rápido, após na confusão, o autor das facadas fugiu, e os rapazes foram socorridos, o motivo da discussão ainda não se sabe, mas segundo informações o fato pode ter ocorrido apenas por excesso de bebida, o autor do crime já foi identificado, mas até o momento não foi localizado.

Segundo o Diretor de Saúde, esses acontecimentos podem fazer com que a COVID-19 venha e, se espalhe pelo município, o efeito da irresponsabilidade, no entanto, poderá ser sentido nos próximos dias.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade