Mesmo sem casos, Riversul integra fase rígida do Plano São Paulo

O município de Riversul terá que acompanhar a fase 2 (laranja) do Plano São Paulo, pois pertence ao Departamento Regional de Saúde (DRS), de Sorocaba. A etapa exige atenção, com eventuais liberações.

PUBLICIDADE

[slide-anything id=’14164′]

Os critérios do Plano de retomada consciente e faseada da economia tem como base 6 pilares: Disseminação da doença, Capacidade do Sistema de Saúde, Testagem e Monitoramento da transmissão, Protocolos e vulnerabilidade Econômica, Comunicação e Transparência e Abordagem regional.

Nesta etapa, que também começa a valer no dia 1º de junho, pode reabrir com restrições espaços públicos, atividades imobiliárias, escritórios e concessionárias. Já os bares, restaurantes e similares, além de salão de beleza não estão autorizados a abrir neste momento.

Os municípios que estão nessa fase não podem também reabrir academias, teatros, cinemas, promover eventos que gerem aglomeração ou eventos esportivos. Entretanto indústrias não essenciais e a construção civil estão liberadas.

A retomada da área da Educação e de Transporte serão definidas ainda. O documento oficial do Estado indica que a flexibilização deverá ser feita por decreto dos prefeitos das cidades observando também os planos regionais. Há 2 pré-requisitos para a flexibilização: adesão aos protocolos de testagem e prefeitos deverão apresentar fundamentação científica para liberação que cite fatores locais relacionados ao município.

Fazem parte da região e devem seguir essa fase de flexibilização ainda os municípios de Alambari, Alumínio, Angatuba, Apiaí, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Barra do Chapéu, Boituva, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guapiara, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itaberá, Itaoca, Itapetininga, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itararé, Itu, Jumirim, Mairinque, Nova Campina, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Quadra, Ribeira, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Taquarivaí, Tatuí, Tietê e Votorantim.

Baixe na íntegra:

file:///F:/ARQUIVOS%202020/MATERIAS/MAIO/27-05/PLANO%20SP.pdf

Continua depois da Publicidade