Denúncia afirma que existem agentes doentes na Barra Grande

Penitenciária II, localizada na Barra Grande

O morador de Avaré, Paulo Proença, enviou ao Jornal Sudoeste Paulista onde afirma que existem agentes penitenciários doentes na Penitenciária “Nelson Marcondes do Amaral”, localizada no distrito Barra Grande, em Avaré.

PUBLICIDADE

[slide-anything id=’14332′]

Segundo ele, eram três casos confirmados. “Infelizmente não foi visto com bons olhos pelo Diretor Geral da unidade e até tentou me calar com ameaças de transferir meu irmão que se encontra recluso na unidade”, desabafou Paulo. Segundo o denunciante, os agentes foram obrigados a pagar pelo teste rápido, que constatou que ambos estavam infectados.

Paulo contou ainda que informações dão conta que existe mais um caso do covid-19 confirmado na mesma Penitenciária. Nesse caso, os funcionários já voltaram as atividades, porém, dia 24 outra denúncia afirmava que mais um agente havia testado positivo para covid-19.

Continua depois da Publicidade

Paulo contou que um dos agentes contaminou a esposa e teve que pagar pelo exame. O custo foi de R$ 650. Esse agente teria três filhos pequenos.  O morador questiona pelo qual motivo a unidade prisional tenta esconder os casos. “Durante reunião recente foi solicitado que mantivessem descrição, pois não querem que a notícia caia na mídia, omissão ou precaução?”, questiona ele. “Mandei mensagem direto no WhatsApp do diretor geral, porém sem resposta”, concluiu Paulo.

Continua depois da Publicidade