De casa em casa: 763 ovos de Páscoa chegam até alunos santa-barbarenses

0
131

Os alunos da rede municipal de ensino de Águas de Santa Bárbara receberam os ovos de Páscoa em casa este ano. A novidade agradou a todos os familiares, já que muitos não teriam condições para comprar os chocolates. A secretária da Educação, Juliana Ferreira Bernardes contou com detalhes ao Jornal Sudoeste Paulista como aconteceu a entrega. “Foi uma experiência única e inesquecível”, enfatiza.  

PUBLICIDADE

[slide-anything id=’14172′]

De acordo com ela, todos os anos a Prefeitura Municipal de Águas de Santa Barbara adquire ovos de chocolate para presentear todas os alunos da rede municipal de ensino na época da Páscoa. Neste ano, devido à pandemia do coronavírus, a equipe foi pega de surpresa com a suspensão das aulas e os ovos já haviam sido encomendados.

No dia 31 de março, chegou à encomenda à Secretaria de Educação e então Juliana, decidiu mobilizar a equipe educacional e entregar os ovos de páscoa na casa de cada um dos alunos da rede. No total foram entregues 763 ovos, apenas 39 alunos não foram encontrados pela equipe.

Juliana explicou que o trabalho começou com a organização da logística de entrega por bairros, com três equipes formadas por funcionários e estagiários da Secretaria de Educação, que se dispuseram a ajudar neste trabalho. “Percorremos durante os dias 6, 7 e 8 de abril todos os bairros de nossa cidade, inclusive a zona rural, onde contamos com o apoio dos motoristas do município e terceirizados que fazem o transporte escolar”, explica a secretária.

“Junto a entrega dos ovos foi realizada pesquisa de campo com o objetivo de identificar se a maioria dos alunos possui acesso à internet e, também famílias em condições de vulnerabilidade, para assim podermos planejar as ações para as próximas semanas”, continua Juliana.

“Posso dizer com propriedade, pois participei ativamente da entrega de mais de 300 ovos, que foi maravilhoso poder proporcionar a nossas crianças um pouquinho de alegria em tempos de pandemia, cada carinha feliz foi um presente que recebemos nessa semana santa”, enfatizou.

Ela esclareceu ainda que alguns ovos não foram entregues por problemas relacionados a endereços, que estavam errados ou por não ter ninguém na casa no momento que a equipe passou. “Mas o trabalho foi realizado com sucesso”, comemora. “Agradeço as famílias que nos receberam carinhosamente, aos funcionários e estagiários que participaram desse lindo trabalho e que o verdadeiro sentido da Páscoa possa ter estado no coração de cada um que recebeu esse ovo de Páscoa, suas famílias e todos os que colaboraram”, concluiu.

Ela observou que: “as equipes que estavam entregando estavam devidamente orientadas e protegidas contra qualquer risco de contrair o coronavirus”.

Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade
Continua depois da Publicidade