Sudoeste Paulista
O médico Anderson de Souza explica sobre os malefícios causados pelo uso indiscriminado de calmantes Secretaria de Saúde faz alerta sobre o uso indiscriminado de calmantes em Itapeva


Saúde
Secretaria de Saúde faz alerta sobre o uso indiscriminado de calmantes em Itapeva
Remédios sem indicação médica e de forma prolongada podem gerar sérios problemas de saúde do itapevense
Colaborou: Celi Leme - Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Itapeva
15/07/2018 • 15:37:00
Atualizada:
15/07/2018 • 15:38:58
  • O médico Anderson de Souza explica sobre os malefícios causados pelo uso indiscriminado de calmantes
    O médico Anderson de Souza explica sobre os malefícios causados pelo uso indiscriminado de calmantes
  • O médico Anderson de Souza explica sobre os malefícios causados pelo uso indiscriminado de calmantes
    O médico Anderson de Souza explica sobre os malefícios causados pelo uso indiscriminado de calmantes

Os benzodiazepínicos e antidepressivos conhecidos popularmente como "calmantes" são um dos medicamentos mais usados no Brasil e no mundo e, em Itapeva não é diferente.

O  uso indiscriminado vem crescendo a cada dia, principalmente entre mulheres adultas e idosas. No início, elas desconheciam seus efeitos adversos e colaterais e as graves consequências causadas por estes remédios.

Diante destas situações, os profissionais que trabalham nas unidades de saúde de Itapeva, procuram conscientizar os pacientes sobre os problemas causados pelo uso prolongado dos medicamentos e também o fato de tomarem sem indicação médica.

Os sintomas são: sonolência excessiva, dor de cabeça, cansaço, depressão, irritabilidade, insônia, perda do equilíbrio, dificuldade da concentração, disfunção erétil e perda do libido.

Por essa razão, a Secretaria Municipal de Saúde tomou a iniciativa de criar estratégias de atendimento, que diminuam a dependência medicamentosa de usuários de calmantes na Rede de Atenção Básica.

Segundo o médico Anderson de Souza, há muita resistência por parte dos usuários e a maioria não tem a consciência dos danos causados pelo uso excessivo dos calmantes, que influem também nas vidas pessoal e social dos pacientes. "Muitos não aceitam nem diminuir a medicação, já que a interrupção abrupta pode causar a síndrome da abstinência. Quando a prescrição é feita de forma correta e com acompanhamento, o medicamento é benéfico", explica Anderson de Souza.














Veja também ...

Droga escondida em remédio é enviada via correspondência para Penitenciária de Iaras

O eficiente sistema de segurança da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) ...

Colégio Cefar celebra Dia dos Pais com muitas brincadeiras e dança

O Dia dos Pais, celebrado no domingo, 12, foi marcado por muita alegria pelas crianças e os pais que fora...

Associação internacional escolhe Brasil para realizar o 1º Pan Americano de Rédeas e Avaré será a cidade sede

Sede do maior evento internacional de Rédeas já realizado no Brasil, o Parque de Exposiç&ot...

Medicamentos Fitoterápicos são produzidos e distribuídos pelo Governo de Itapeva

O governo de Itapeva está produzindo seis tipos de medicamentos fitoterápicos para serem distribu&...

CDHU autoriza construção de 36 casas em Ribeirão Branco

O município de Ribeirão Branco receberá mais um conjunto habitacional. Na quinta-feira, 02,...

Fartura compra ônibus de R$ 610 mil para o transporte de pacientes

A Prefeitura Municipal de Fartura adquiriu nesta semana através de um processo de licitação...

Confira imagens do 10° Porco a Paraguaia realizado em Fartura

No dia 29 de julho, os moradores de Fartura estiveram no Bairro Vila Nossa Senhora de Fátima saboreando o...

Polícia Civil de Avaré prende jovem de 18 anos por tráfico de drogas no Jardim Paraíso

Um homem foi preso por tráfico de drogas na manhã desta quinta-feira, 9/08, no Jardim Paraí...

Itaporanga conquista o desejado título de Município de Interesse Turístico

No dia 9 de agosto, Itaporanga foi confirmada como Município de Interesse Turístico (MIT) pelo gov...

Itapeva dá início hoje (20) à Campanha Nacional contra Raiva Animal, que segue até 1º de setembro

A Campanha Nacional contra a Raiva Animal, tem início hoje(20) e segue até 1º de setembro, na...

Sudoeste Paulista
Sudoeste Paulista    •    Nossa Missão é Integrar a Região    •    Todos os Direitos Reservados